Arquivos

Outros links
 Twitter do Passarinho Pentelhão
 Luis Nassif
 As árvores são fáceis de achar...
 Conversa Afiada (Paulo Henrique Amorim)
 Viva Marabá - Pará - Brasil! (cmarinsdasilva)
 Mestre Aquiles
 O Filho do Profeta
 Revista IstoE
 Revista Carta Capital
 Blog da Dilma (Blog da militância)
 Aloizio Mercadante
 Blog da Família Sereno
 Terra Goyazes
 A Outra Palavra
 Ócio Reprodutivo
 Boteko Vermelho
 Conteudo Livre
 Jornal Correio do Brasil
 O Terror do Nordeste
 O Sorrateiro




Blog do Passarinho Pentelhão
 


O mensalão do PIG já foi desmentido pelo criador, Roberto Jefferson. Já o mensalão do Pentelhão é real e baratinho!!!

E-mail do Pentelhão: amrrhc@yahoo.com.br

O Pentelhão bancado pelos leitores é um Pentelhão forte!!! É um Pentelhão sem rabo preso com ninguém!!! O PIG não vai entender nada!!!

São só cinco reais por mês. É o preço de um jornal deles de domingo!!!

Abraços, Passarinho Pentelhão.

  • Banco Itaú, agência 5665, conta corrente 13470-5 (Alexandre Rocha)
  • Caixa Econômica Federal: Agência 3187, conta corrente 7959-4 (Alexandre Rocha). Qualquer lotérica do país aceita depósitos!
  • Banco do Brasil: Agência 3096-1, conta corrente 9234-7 (Neusa Fernandes)



Escrito por Passarinho Pentelhão às 11h13
[] [envie esta mensagem
] []





Fontes alopradas de Ilimar Franco, jornal O globo, deixam ele em maus lençóis mais uma vez!!! Ouça os envolvidos antes de publicar as fofocas, querido!!!

Nota de Ilimar Franco em sua coluna no jornal O Globo, dia 15/09/2011:

Cabral com ciúmes de Alckmin
A cordialidade da presidente Dilma com os governadores tucanos não incomoda só os petistas. O governador Sérgio Cabral (PMDB-RJ) ligou ontem para o ex-presidente Lula para reclamar da troca de confete entre Dilma e o governador Geraldo Alckmin (SP). Para Cabral, Dilma estaria na contramão de tudo que Lula fez, ao dispensar maior atenção aos governadores de oposição do que daqueles que são aliados do governo.

Nota de Ilimar Franco em sua coluna no jornal O Globo hoje, dia 16/09/2011:

A ASSESSORIA do governador do Rio registra: "O governador Sérgio Cabral jamais ligou para o ex-presidente Lula para fazer queixa da relação da presidenta Dilma com qualquer pessoa. Muito menos com o governador de São Paulo".

Caro Ilimar, o Pentelhão não é um cara injusto. Está claro que você está a léguas de distância do partidarismo de Merval Pereira, Noblat e Míriam Leitão. Assim com a Flavinha Oliveira e o George Vidor. Mas não é a primeira vez que você publica uma nota em um dia e o desmentido em outro. Ressalte-se que não é qualquer um que age assim! Portanto, parabéns pra você! Mas, fica a pergunta: por que reproduzir a conduta do PIG de publicar qualquer peixe vendido pelas 'fontes alopradas' sem verificar diretamente com os envolvidos na fofoca a veracidade??? Se não a verdade, teríamos pelo menos a versão dos envolvidos. Não seria legal???

Abraços, Passarinho Pentelhão.



Escrito por Passarinho Pentelhão às 10h36
[] [envie esta mensagem
] []





Manifesto contra a corrupção da mídia!!! Texto muito bem escrito!!!

Segue manifesto postado no Blog Da Cidadania do combativo Eduardo Guimarães. Vá até o seu Blog e comente como forma de apoio ao ato. O Pentelhão já foi. Eis o link:

http://www.blogcidadania.com.br/2011/09/abaixo-a-corrupcao-da-midia/

O texto a seguir será mantido em evidência neste blog até sábado, dia 17 de setembro, quando será lido pelo Movimento dos Sem Mídia durante o Ato Público Contra a Corrupção da Mídia. Se você apóia, deixe seu comentário. O manifesto será enviado à Frente Parlamentar pela Liberdade de Expressão e Direito à Comunicação com Participação Popular, com os nomes de quem apoiá-lo.

Senhoras e senhores,

Estamos aqui hoje para nos manifestar contra a corrupção, mas não como aqueles que estiveram neste mesmo local no último dia 7 de setembro dizendo que se manifestavam pelo mesmo motivo. O que aquelas pessoas fizeram, na verdade, foi um ato orquestrado por grandes impérios de comunicação e que teve como objetivo favorecer partidos políticos.

Antes de prosseguir, é bom explicar que este Ato Público não pertence a nenhum partido político, a nenhum sindicato, a nenhum grupo de interesse. Foi convocado pelo Movimento dos Sem Mídia, que luta pela democratização da comunicação no Brasil, ou seja, para que essa comunicação não continue na mão de meia dúzia de famílias.

Quem são esses impérios de comunicação? São a Globo, os jornais Folha de São Paulo e Estado de São Paulo e a revista Veja e alguns outros que repetem o que eles dizem. Esses veículos estimularam a manifestação que ocorreu aqui no Masp no último dia 7 usando artigo escrito por um jornalista espanhol ligado a esses empresários de comunicação.

O jornalista espanhol Juan Arias disse que os brasileiros seriam acomodados com a corrupção porque não saem às ruas para protestar como no país dele. Escreveu aquilo apesar de que seu povo está indo às ruas porque a Espanha está em uma terrível crise econômica, com desemprego nas alturas. Os brasileiros não fazem o mesmo porque este país está indo muito bem, obrigado.

Os tais impérios de comunicação, dessa forma, passaram a reproduzir sem parar aquele texto sem sentido em seus jornais, revistas, rádios, televisões e portais de internet. Poucas semanas depois, aparecem essas manifestações “contra a corrupção” como a que aconteceu aqui no Masp no último dia 7 de setembro.

Naquela manifestação, o que se viu não foram críticas a toda corrupção, mas a políticos e ao partido aos quais as famílias Marinho (dona da Globo), Frias (dona da Folha de São Paulo), Mesquita (dona do Estadão) e Civita (dona da revista Veja) se opõem há muito tempo, ou seja, ao Partido dos Trabalhadores, ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e à presidente Dilma Rousseff.

Não foi por outra razão que aquela manifestação que ocorreu há cerca de duas semanas aqui neste mesmo local tinha faixas e cartazes acusando de corrupção o ex-presidente Lula, o PT e a presidente Dilma e foi acompanhada por políticos do Partido da Social Democracia Brasileira, o PSDB. Foi um ato político disfarçado de “marcha contra a corrupção”.

Não há brasileiro que não saiba que a Globo e os outros veículos já mencionados – e alguns menores que agem sob sua influência – fazem oposição ao PT e a todos os políticos deste partido ou a ele aliados. Desde 1989, quando Lula disputou sua primeira eleição presidencial, que esses impérios de comunicação fazem isso.

E por que fazem? Porque são contra a distribuição de renda, contra a melhora de vida do povo mais pobre e a favor da corrupção, pois todos sabem que quando denunciam políticos eles são sempre do PT e de partidos aliados e nunca do PSDB e dos aliados dele. E o que é pior: só denunciam quem se vende, quem se corrompe, mas nunca quem suborna porque são empresas que anunciam nesses jornais, revistas, tevês etc.

Durante semanas, esses veículos martelaram esses atos públicos artificiais que sairiam às ruas no 7 de setembro. Com publicidade dessa dimensão sendo veiculada sem parar nas televisões, rádios, jornais, revistas e portais de internet, claro que inocentes úteis que acharam que estavam se manifestando “contra a corrupção” foram atraídos e engrossaram as manifestações.

Se quisessem se manifestar contra a corrupção, os que estiveram aqui no Masp naquele dia também acusariam o governo de São Paulo, que impede que uma única CPI contra si seja aprovada na Assembléia Legislativa, onde há mais de cem pedidos de investigação que não vão para frente porque a imprensa, diferentemente do que faz contra o PT, não divulga.

E não divulga porque o governo de São Paulo acaba de gastar NOVE MILHÕES DE REAIS comprando assinaturas da Folha, do Estadão e da Veja, por exemplo. Dinheiro dos seus impostos, cidadão, que vai para o bolso desses impérios de comunicação.

Um bom exemplo de escândalos do PSDB que a mídia esconde está nas obras do Rodoanel, contra as quais pesam denúncias de superfaturamento. Ou, por exemplo, as obras de limpeza do rio Tietê, que neste ano transbordou porque o ex-governador José Serra diminuiu aquelas obras e aumentou gastos em publicidade que infestou a tevê durante o ano passado, quando o ex-governador disputou a Presidência da República.

A corrupção da mídia, portanto, está em ela jamais expor empresas que subornam políticos corruptos simplesmente porque são suas anunciantes. Assim, atacando só quem se vende e nunca quem compra políticos, a corrupção no Brasil não diminuirá nunca.

Há, sim, escândalos e corrupção nos governos do PT, do PSDB, de todos os partidos. Por isso há que investigar a todos e não só aos inimigos políticos das famílias Marinho, Frias, Civita, Mesquita e outros empresários da comunicação que acobertam políticos amigos e denunciam os políticos inimigos até mesmo quando não há prova alguma.

Nada a espantar vindo de impérios de comunicação que ajudaram a implantar e a sustentar a ditadura militar que manteve este país nas trevas de 1964 a 1985 e que torturou e assassinou pessoas apenas porque tinham opinião política diferente.

Ser contra a corrupção é ser contra quem corrompe e quem é corrompido. É não dar propina ao guarda de trânsito, é não subornar funcionário público para ele “agilizar” aquele processo em um órgão público. Não será atacando só os políticos inimigos e protegendo os amigos que este país reduzirá a corrupção, portanto.

O Movimento dos Sem Mídia, assim, é contra TODA a corrupção e não apenas contra a corrupção de alguns. Por isso, quando você, cidadão, ler ou ouvir esses jornalistas que se vendem aos patrões dizendo só aquilo que eles querem, acusando só petistas e aliados e dizendo que não votando neles a corrupção acabará, não acredite. É tramóia.

Corrupção existe no mundo inteiro. Em governos de todos os partidos. Há que dificultá-la, mas nunca se conseguirá acabar com toda ela. Não adianta demonizar a classe política porque sem políticos não há democracia. Voltaremos à ditadura militar, a um tempo em que os políticos eram amordaçados por generais que roubavam sem ter quem contestasse.

Assim sendo, se você quer uma imprensa que combata toda a corrupção, é preciso que essa imprensa não fique na mão de meia dúzia. Nos Estados Unidos, por exemplo, um mesmo empresário não pode ter jornal e televisão na mesma cidade. No Brasil, a Globo tem tudo – jornal, revista, TV, rádio, portal de internet – em todas as cidades.

Isso se chama concentração de propriedade de meios de comunicação. O que se quer, assim, é aprovar leis que existem em todos os países desenvolvidos e que não permitem que uma Globo use concessão pública como é um canal de tevê para fazer jogo político em favor dos partidos e políticos amigos.

Esses impérios de comunicação acusam quem pede leis para a comunicação de querer “censura”. É mentira. Ninguém quer que esses impérios não falem o que pensam. Só o que se quer é que quem pensa diferente da Globo possa ir em suas tevês contradizer a família que as controla, pois a faixa de onda eletromagnética que usam é uma concessão do povo.

Isso não é e nem jamais será censura.

MOVIMENTO DOS SEM MÍDIA

São Paulo, 17 de setembro de 2011



Escrito por Passarinho Pentelhão às 16h45
[] [envie esta mensagem
] []





Pela visão urubu de Míriam Leitão, a inflação precisará cair para fechar na meta. Pela visão real, precisará acelerar neste final de ano para romper a meta, o que é muito pouco provável!!!

Coitada da europa se depender das previsões de nossa querida patronesse do Partido da Imprensa Urubu! Ainda bem pra eles que geralmente não são 'as coisas' que dão errado, são as previsões da Míriam Leitão. Bem, o artigo dela publicado hoje, dia 15/09/2011, no jornal O Globo tem como título: "Agenda cheia". Querida, só este trecho nos interessa:

Enquanto o mundo oscila nessa corda bamba, o Brasil está com o seu velho problema inflacionário. Hoje mesmo quem tem uma visão mais otimista, como Luiz Roberto Cunha, que ainda acha possível que a inflação feche o ano sem estourar o teto da meta - isso significa cair de 7,3% atuais para 6,5% no fim do ano - está elevando as previsões para 2012.

Quando nós apostamos uma caixa de cerveja, ganhando quem chegar mais perto da inflação oficial no final do ano - tudo bem, querida, você até agora não quis se comprometer, ou por medo de perder ou por não gostar de cerveja -, escrevemos este paragráfo (Ver post do dia 08/09/2011, intitulado: "Pentelhão aposta uma caixa de cerveja com Míriam Leitão, se ela não fugir! O IPCA vai fechar 2011 em 6,02%, portanto, querida, dentro da meta! E aí, vai encarar???"):

... Nos últimos 4 meses do ano passado, com a economia rodando por cima, por volta de 7%, tivemos uma média de 0,665% para a inflação mensal. Este ano, com a economia rodando por baixo, por volta de 3,5%, teremos uma média de 0,4% para a inflação nos últimos 4 meses do ano, perfazendo um total de 1,6% para serem acrescidos aos 4,42% alcançados até agora. No total, 6,02%!!!

Míriam Leitão sabe, ou deveria saber, que não se pode comparar alhos com bugalhos. Se ela está pegando a inflação acumulada dos últimos doze meses só pode comparar com a inflação dos doze meses anteriores ou dos doze meses posteriores. Isso porque os dados mensais são mais nervosos e dependentes tanto da sazonalidade quanto da conjuntura econômica.

Então você diz que a inflação terá que cair para que fique dentro da meta de 6,5% no final do ano. Querida, é exatamente o contrário. Só chegará acima da meta se acelerar nos últimos quatro meses do ano. Por que??? Porque o último índice obtido para o IPCA, o de agosto, deu 0,37%. Anualizado, uma conta sem muito sentido, mas ilustrativa, o índice de 0,37% levaria à uma inflação de 4,44%. Ocorre que já temos 4,42% de inflação acumulada em 2011, restando 4 meses para o fechamento. Então temos:

- Hipótese 1: inflação continua até o final do ano rodando com a velocidade de 0,37%. Fechamos o ano então com uma inflação de 5,9% (os 4,42% atuais + 1,48%);

- Hipótese 2 (aposta do Pentelhão): inflação dá uma pequena acelerada e passa a rodar na velocidade média de 0,4%. Fechamos o ano com uma inflação de 6,02% (os atuais 4,42% + 1,6%);

- Hipótese 3: inflação acelera para velocidade média mensal de 0,52%. Fechamos o ano com uma inflação no limite superior da meta, ou seja, 6,5% (os atuais 4,42% + 2,08%);

- Hipótese 4: inflação acelera para velocidade média mensal de 0,72%. Fechamos o ano com a inflação dos sonhos da Míriam leitão, os tais 7,3%! (os atuais 4,42% + 2,88%).

Portanto, Míriam, para de terrorismo!!! A inflação não precisa cair para chegar dentro da meta, basta que ela permaneça como está!!! É, como já falamos, extamente o contrário, ou seja, a inflação só romperá a meta se acelerar sua velocidade atual, não havendo motivos para tal, pois a conjuntura econômica atual é a de um crescimento bem mais modesto que o do ano passado!!! Mas se você discorda, faça como o Pentelhão, dê a sua cara a tapa e aceite a aposta!!!

Abraços, Passarinho Pentelhão.



Escrito por Passarinho Pentelhão às 10h23
[] [envie esta mensagem
] []





É a quarta boa da Míriam Leitão!!! A maior fabricante de caminhões do mundo, a chinesa Foton Motors construirá sua primeira fábrica fora da China. Isso mesmo, é no Brasil!!!

O Pentelhão confessa que está com pena dos amigos europeus. Com o foco da crise mundial mudando de lugar, muitos artigos de nossa patronosse do Partido da Imprensa Urubu estão focados no velho continente. Ou seja, eles não tem saída!!! Felizmente, ninguém dá bola para o que ela fala fora do Brasil e nosso otimismo é internacional! A coisa não vai ser, como sempre, como nossa querida anda imaginando. Em breve, ainda que possa doer um pouquinho, portuqueses, espanhóis, italianos, gregos e franceses vão reagir!!!

Por aqui a coisa continua 'esquisita' para Míriam Leitão e as notícias boas não param!!! Vamos a elas!

As empresas do povo

Petrobras

- Coluna Em cena, Nedilson Machado, jornal O Estado do Maranhão, terça-feira, dia 13/09/2011:

Cinema BR - De quarta a sexta, 16, baixa na Ilha o "Cinema BR em Movimento", o maior projeto social de difusão do cinema brasileiro, com o patrocínio da Transpetro. Entre os filmes programados está o longa metragem "Eu e Meu Guarda Chuva", vencedor do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro 2011 como melhor filme infantil. Já no dia 16, será exibido em única sessão, o filme "Turma da Mônica em Uma Aventura no Tempo".

Comentário do Pentelhão: Querida, até no Maranhão tem colega seu te perturbando, não é mesmo??? Que ufanismo, Sr. Nedilson!!! Maior projeto social de difusão do cinema brasileiro!!! O Pentelhão gostou.

BNDES

- Especial Pequenas e Médias Empresas, jornal Brasil Econômico, terça-feira, dia 13/09/2011:

BNDES facilita oferta de linhas para capital de giro dos pequenos

Os dados do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) de janeiro a julho deste ano não deixam dúvidas: as micro, pequenas e médias empresas (MPMEs) estão assegurando um lugar de destaque nas concessões da instituição de fomento.

Seja porque o governo tem observado de perto a importância de estimular esse universo de mais de 3 milhões de empresas responsáveis por cerca de um quarto do Produto Interno Bruto (PIB) e por mais de 50% da força de trabalho no país ou porque o setor financeiro tem despertado cada vez mais para o forte potencial de contribuição que esse segmento econômico pode dar à sua estratégia de crescimento, o fato é que as concessões destinadas às empresas de menor porte impediram uma queda maior nos desembolsos do banco no período.

Comentário do Pentelhão: BNDES, micro, pequenas e médias empresas, tudo a ver!!!

Investimentos

- Jornal Folha de S. Paulo, sábado, dia 10/09/2011:

Montadora chinesa investe US$ 500 mi

A Foton Motors, maior fabricante de caminhões do mundo, definiu investimento de US$ 500 milhões na construção de uma fábrica no Brasil. Será a primeira do grupo fora da China, onde há 11 unidades voltadas para a construção desses veículos.

Comentário do Pentelhão: É, Míriam, se os chineses são inevitáveis, melhor que eles venha para cá. Até mesmo para não alimentar aquele papo furado de desindustrialização. E se você achar US$ 500 milhões pouco, dá uma olhada na próxima notícia boa.

- Jornal O Estado de S. Paulo, terça-feira, dia 13/09/2011:

Europa triplica investimento no Brasil

Diante da crise fiscal da zona do euro, empresas europeias quase triplicaram os investimentos produtivos na economia brasileira neste ano. Dados do Banco Central indicam que o Investimento Externo Direto (IED) oriundo dos países que adotam a moeda única subiu para US$ 23,4 bilhões nos primeiros sete meses deste ano, contra US$ 7,9 bilhões no mesmo período de 2010.

Comentário do Pentelhão: Tá doendo, querida??? Vai doer mais quando você ver abaixo o que é que o editorialista da Folha fez com você.

Energia/Meio Ambiente

- Editorial do Jornal Folha de S. Paulo, sábado, dia 10/09/2011:

Um sopro de sucesso

Moinhos de vento produzem a segunda fonte de energia elétrica mais barata do Brasil. Nos leilões de julho, a eletricidade a ser gerada por usinas eólicas foi oferecida a menos de R$ 100 o MWh. Nos casos mais competitivos, a eletricidade de hidrelétricas novas custa em torno de R$ 70 a R$ 80.
O sucesso das eólicas, fonte limpíssima de energia, resulta da confluência de um programa estatal de incentivos com a baixa de preços de equipamentos, provocada pela crise mundial.
A energia dos ventos não sairia do papel dos manifestos ambientalistas não fosse o Proinfa (Programa de Incentivo às Fontes Alternativas de Energia Elétrica), projeto federal criado em 2003. O programa previa financiamentos do BNDES e garantia de compra da energia alternativa pela Eletrobras, mesmo a preços muito acima do mercado. Entre 2003 e 2009, o preço do MWh das eólicas variou entre R$ 200 e R$ 240.

Comentário do Pentelhão: Você reparou no sensacional trocadilho??? "Sopro de sucesso"??? Bem, de qualquer forma, agora todos sabem que a energia eólica mais barata do mundo foi obtida graças a uma decisão política do Governo de investir nela. Assim como por uma decisão política, a chamada Política Industrial, os navios e as plataformas da Petrobras são construídos aqui no Brasil, ainda que, por ora, se pague um pouco mais!!!

Governo/Política

- Coluna Negócios & Cia, Flávia Oliveira, jornal O Globo, sábado, dia 10/09/2011:

Bolada para Serra e entorno da Baía

Até o fim do mês, projetos ambientais e de saneamento no Rio terão R$900 milhões em investimentos liberados pelo Ministério das Cidades e pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). O pacote, batizado de Setembro Verde por Carlos Minc, secretário estadual do Ambiente, envolve R$200 milhões em obras de drenagem e remediação em vales da Região Serrana, castigados pelas enchentes de janeiro passado, e R$700 milhões em obras de saneamento em municípios do entorno da Baía de Guanabara.

Comentário do Pentelhão: Ah, não, ela está te provocando!!! "Bolada"??? Isso lá é termo para ser usado em um jornal tão formal como O Globo??? Mas que é uma bolada, é! Quase R$ 1 bilhão de reais! E tem mais Flavinha a seguir!

Outros

- Coluna Negócios & Cia, Flávia Oliveira, jornal O Globo, terça, dia 13/09/2011:

Teles 'in' Rio - Será no Rio a edição 2012 da Futurecom, maior evento de telecom da América Latina. A GL events Brasil passou três anos negociando a vinda para o Riocentro.

Mais eventos - Em 2012, o Riocentro também sediará o encontro da Abad, de atacadistas, e a BTS, feira de logística. Os três eventos, Futurecom entre eles, vão trazer 38 mil visitantes à cidade e movimentar R$70 milhões.

Comentário do Pentelhão: Plagiando um colega seu que vive berrando na TV Globo, querida, é no Brasil!!!

- Jornal do Commercio - RJ, segunda-feira, dia 12/09/2011:

Produção de grãos sobe 9,2%, segundo a Conab

A produção nacional de grãos deverá atingir R$ 162,9 milhões de toneladas, segundo a Conab, que divulgou na sexta-feira o seu 12º levantamento referente à safra de 2010/2011. O montante ficou 9,2% acima do registrado na colheita de 2009/2010.

Comentário do Pentelhão: Querida!!! Não vi você comentar essa notícia em sua coluna!!! É porque este novo recorde na produção de alimentos vai ajudar a segurar a inflação no ano que vem??? Bem, deixa pra lá. Mas domingo a gente volta!!! 

Abraços, Passarinho Pentelhão.



Escrito por Passarinho Pentelhão às 12h00
[] [envie esta mensagem
] []





Jornal O Globo se utiliza de sofisma de quinta categoria para tentar convencer seus leitores de que houve um inchaço de servidores no Governo federal! Mas os dados insistem que o jornal é mentiroso!!!

Título da manchete do Jornal O globo de Sexta-feira passada, dia 09/09/2011: "Lula contratou três vezes mais servidores que FH". Subtítulo: "Especialistas dizem que inchar a máquina não é garantia de eficiência".

Este é um sofisma de quinta categoria. Ao afirmar que o inchamento da máquina não é garantia de eficiência o jornal tenta levar a discussão para a questão da eficiência pós-inchaço, sem ao menos haver o questionamento se houve mesmo o tal inchaço. O jornal acha que o povo é idiota. Pois veja o tal do inchaço:

- Aumento no número de funcionários do Governo Federal entre 2003 e 2010 segundo o mesmo IPEA: 30,2% X aumento no número de funcionários municipais no mesmo período: 39,3%!!!

- O número de servidores federais em 2010, apesar da recuperação durante o governo Lula e após a política de terra arrasada dos tucanos, é ainda, reparem bem, inferior ao número de funcionários federais existentes em 1991!!! Quando a população era bem menor!!!

- Porcentagem do PIB gasto com o pagamento de salários dos servidores públicos federais no final do Governo Lula: 5% x  Porcentagem do PIB gasto com o pagamento de salários dos servidores públicos federais no final do Governo FHC: 5%!!!

Perceberam algum inchaço???

Então vamos falar a verdade. Todos sabem que os tucanos não construíram nenhuma universidade e nenhuma escola técnica!!! Já Lula, construiu mais de 200 escolas técnicas e 14 universidades!!! Podemos afirmar sem medo de errar que o Governo Lula deve ter contratado mais de cem vezes o número de professores contratados pelo governo FHC, não é mesmo??? Mas vamos supor que tenha sido apenas três vezes mais. Observe agora como um grande jornal de esquerda, se este existisse, poderia mudar toda a carga negativa dada ao assunto pelo jornal O Globo por uma carga amplamente positiva mudando apenas a palavra 'servidores' pela palavra 'professor':

- Manchete de verdade do jornal O Globo: "Lula contratou três vezes mais servidores que FH"

- Manchete fictícia do jornal de esquerda: "Lula contratou três vezes mais professores que FH"

Precisa falar mais alguma coisa??? Esse é o PIG, apenas um partido de direita enrustido.

Abraços, Passarinho Pentelhão.



Escrito por Passarinho Pentelhão às 16h31
[] [envie esta mensagem
] []





Merval Pereira abraça de vez o voto distrital do PIG!!! Pentelhão revida com manifesto lançado pelo Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral, aquele do Ficha Limpa!!!

No começo de maneira mais discreta, Merval Pereira parte agora com garra para a defesa do voto distrital. Junta-se ao PSDB, a boa parte do PMDB, Sarney e Temer a frente, a Dornelles, Dora Kramer, Reinaldo Azevedo, Coronel Coturno Noturno, etc. Mas o faz novamente procurando pautar o movimento que organizou algumas passeatas contra a corrupção no dia 07 de setembro. Foi em seu artigo intitulado "Voto distrital", publicado em 10/09/2011 no jornal O Globo. Eis a introdução:

O movimento contra a corrupção, que vai ganhando corpo em todo o país através da convocação de manifestações pelas redes sociais, está tendo um efeito colateral imediato: o fortalecimento da campanha pela adoção do voto distrital, que também está sendo feita através da internet.

Ocorre que nosso ficcionista predileto esqueceu de combinar com o patrão, o jornal O Globo, que publicou no dia seguinte, dia 11/09/2011, uma matéria intitulada "Contra a corrupção, mobilização em formato2.0". Vejam este trecho:

O cientista político (Claudio Couto, da Fundação Getúlio Vargas) aponta o que considera uma "bandeira comum" possível:

- A reforma do Código de Processo Penal. Todos querem punição para os corruptos e sabem que isso para nas inúmeras possibilidades que os criminosos encontram nos recursos judiciais.

A reforma do sistema de processos criminais não tem sido a única meta defendida pelo novo movimento contra a corrupção. Os jovens têm divulgado textos na internet e pintaram cartazes pedindo o fim do voto secreto e outros pontos da reforma política, como o voto distrital. Mas essa reforma, de acordo com o cientista político, não é uma bandeira que una as pessoas:

- A reforma política é muito mais controversa. Há quem defenda o voto em lista como forma de diminuir os gastos eleitorais, assim como o voto distrital. É uma bandeira que mais desagrega do que agrega as pessoas. Já a reforma do Código de Processo Penal atinge o interesse de todos, combatendo a impunidade.

É Merval, o cara acha que você anda apelando. O Pentelhão também.

Aproveitamos a ocasião, querido, para perguntar se você sabe por que o PIG abandonou o Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE), aquele mesmo do Ficha Limpa??? Não sabe, ou não quer falar??? O Pentelhão vai ajudar. Veja se não tem alguma coisa a ver com um manifesto lançado recentemente por eles intitulado "Proposta de Iniciativa popular para a reforma do sistema político", onde podemos encontrar estas propostas, dentre outras:

Voto em listas partidárias transparentes com alternância de sexo - A  adoção de listas partidárias preordenadas, torna transparente para o/a eleitor/a em quem se está votando. No sistema atual, as/os eleitoras/os votam em candidatas/os e na maioria das vezes ajudando a eleger quem não se quer ou nem sabe para quem vai o voto. O atual sistema é menos transparente e favorece o personalismo e a competição interna em cada partido. A adoção da lista, na qual as/os eleitoras/os votam nos partidos e não em pessoas, é essencial para combater o personalismo, fortalecer e democratizar os partidos.

No entanto, a lista só significa avanço efetivo caso seja garantida a sua formação com alternância de sexo e observância de critérios étnico/raciais, geracionais, LGBT etc.(organizados/as nos partidos). Caso contrário, essas “minorias políticas” poderão ser incluídas ao final das listas e não conseguirão se eleger nunca, mantendo-se o mesmo perfil de eleitos que temos hoje.

Com a proposta, os/as eleitores/as não mais elegerão individualmente seus/suas candidatos/as a, mas votarão em listas previamente ordenadas pelos partidos, definidas em  previas partidárias.

- Financiamento democrático do processo eleitoral - O financiamento democrático é fundamental para combater  a privatização e mercantilização da política, a corrupção eleitoral, o poder dos grupos econômicos nos processos eleitorais e favorecer a participação política de segmentos socialmente excluídos, como mulheres, afro-descendentes, indígenas, LGBT e jovens, entre tantos outros, no acesso à representação política. Defendemos o financiamento das campanhas eleitorais exclusivamente com recursos públicos. Doações de pessoas físicas e empresas são proibidas e sujeitas à punição tanto para o partido que receber como quem doar. O não respeito a esta norma pode ocasionar desde o cancelamento ou suspensão temporária de registro do partido e  do repasse do fundo partidário, não diplomação ou cassação dos eleitos pelo partido infrator ( de toda a lista) e no caso dos doadores proibição de estabelecer qualquer relação financeira/comercial com a  união, estados e  municípios, suas empresas, sejam estatais ou de economia mista e  autarquias.

Que porrada, hein, Merval?!! Decepcionado???

Seque o link para o manifesto da rapaziada do Ficha Limpa:

http://mcce.org.br/sites/default/files/Proposta_Reforma_Pol%C3%ADtica.pdf

Abraços, Passarinho Pentelhão.



Escrito por Passarinho Pentelhão às 11h26
[] [envie esta mensagem
] []





O que leva o PIG a afirmar que o dólar está subindo porque o Bamco Cantral abaixou os juros: desconhecimento de economia mesmo ou malandragem ingênua???

O PIG arrumou mais um motivo para defender que o Banco Central pare imediatamente, e ele nem bem começou!!!, de reduzir os juros: o aumento do dólar frente ao Real. O problema da tese é que uma mentira sem vergonha que o dólar esteja subindo frente ao Real. Depois veremos o porquê. De qualquer maneira, o PIG não precisava passar pela vergonha de ser pego mentindo mais uma vez se apenas raciocinasse um pouquinho. Existe alguma lógica em algum investidor tirar correndo seu dinheiro do Brasil depois de o Banco Central reduzir os juros em míseros 0,5% quando todos sabem, até minha avó já falecida, que continuamos ainda com os juros mais altos do mundo??? Será que os caras não sabem fazer conta???

Vejamos a matéria do jornal Valor Econômico, entenda-se Organizações Globo, do dia 09/09/2011:

Real perde valor e tende a depreciação no curto prazo

... "A dinâmica do mercado mudou", diz Tony Volpon, estrategista da Nomura Securities. Até agosto, segundo ele, o real respondia fortemente às oscilações dos preços das commodities. Dois novos elementos teriam mudado recentemente a percepção dos investidores. O primeiro foi a taxação das variações nas posições no mercado de derivativos, que sinalizou que o governo se dispôs a intervir de maneira relevante no câmbio. O segundo, a queda "brusca e inesperada da Selic", que reduziu a atratividade das operações de "carry trade"...

Vejamos também um trecho da matéria do jornal O Globo do dia seguinte, sábado, dia 10/09/2011:

De Freio a combustível da inflação

... Para Rodrigo Trotta, superintendente de Tesouraria do banco Banif, a valorização do dólar também está relacionada à decisão do BC de cortar juros na semana passada. Isso reduz a atratividade do juro brasileiro, diminuindo a entrada de dólares no país.

- O dólar entrou em tendência de alta. O que poderia estancar esse movimento seria o Banco Central (BC) descartar, por qualquer motivo, novos cortes na Selic - diz Trotta.

Vejamos agora um trecho com os dados da movimentação do dólar nos últimos dias, também retirado da matéria ciatada acima do jornal O globo:

O dólar comercial emplacou ontem seu sétimo pregão seguido de valorização - maior sequência de altas em 16 meses - e fechou cotado a R$ 1,678, num avanço de 1,02%, para o maior patamar desde 17 de março deste ano. A moeda americana voltou, assim, a acumular alta no ano de 0,72%, o que não acontecia desde março.

Oh Pentelhão, não é por nada não, mas tu bateu a cabeça na parede, não foi não??? Você não disse que era mentira que o dólar estava se valorizando frente ao real???

Calma, gente. Muita calma nessa hora!!! Disse e repito! É mentira que o dólar se valorizou frente ao real. A verdade é que ele se valorizou frente a todas as moedas do mundo, o que prova, obviamente, que tudo o que foi falado ligando a subida do dolár com a queda dos juros de 0,5% no Brasil não passa de bobajada!!! Eis a verdade, retirada ainda da matéria do jornal O Globo:

... Ontem, o dólar comercial valorizou-se frente a diversas moedas pelo mundo refletindo clima de nervosismo nos mercados financeiros. Rumores de que a Grécia anunciaria um calote da dívida nesse fim de semana - o que foi negado pelo ministro de Finanças do país, Evangelos Venizelos - provocou fortes perdas nas bolsas de valores e uma corrida para o dólar.

... Luciano Rostagno, estrategista-chefe da CM Capital Markets, explica que em momentos de aversão a risco investidores buscam aplicações seguras, como os títulos do Tesouro americano. Isso provoca valorização do dólar. Tanto que a moeda americana valorizou-se ontem frente ao euro (1,65%), peso mexicano (1,42%) e dólar australiano (1,01%).

- O movimento de valorização do dólar ocorre no mundo interno. Nos últimos nove dias, o euro perdeu 5,80% de seu valor frente ao dólar. O real acompanha esse movimento e tem queda de 5,40% no período - explica Alfredo Barbutti, da BGC Liquidez.

A mentira dos que desejam que o Brasil permaneça com os maiores juros do mundo, seja lá pelo motivo que for, é muito amadora!!! Reforçando então: o real caiu menos frente ao dólar nos últimos nove dias do que o euro (5,40% contra 5,80%)!!! Será que a queda do euro frente ao dólar teve alguma coisa a ver com a queda da taxa de juros no Brasil???

Abraços, Passarinho Pentelhão.



Escrito por Passarinho Pentelhão às 10h07
[] [envie esta mensagem
] []





Domingão da Míriam Leitão!!! Luz Para Todos levou energia e oportunidades para cerca de quinze milhões de pessoas!!! E muitas outras notícias boas!!! Tá uma loucura!!!

Oi, querida, tudo bem com você??? Como sempre, esperamos que você se divirta com as notícias boas que separamos com todo carinho. Vamos a elas! 

As empresas do povo

Petrobras

- Coluna Mercado Aberto, Maria Cristina Frias, jornal Folha de S. Paulo, sexta-feira, dia 09/09/2011:

Crédito a óleo e gás - O Programa Progredir, da Petrobras, concedeu 69 financiamentos desde junho deste ano. O projeto foi feito pela petroleira em parceria com o Prominp (Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás Natural) e com os seis maiores bancos de varejo do país.

O crédito foi tomado por 49 fornecedores do setor de óleo e gás. São Paulo é o Estado com maior número de empresas participantes do programa, 16. O Rio de Janeiro, por sua vez, tem 15. Até o momento, companhias de sete Estados já recorreram ao projeto, que diminui o custo do crédito, em média, em 20%, de acordo com a Petrobras. Além de estimular empréstimos com juros menores, o programa agilizou o acesso ao dinheiro. Segundo a empresa, há casos em que o crédito foi liberado em 24 horas.

Comentário do Pentelhão: Querida, definitivamente falando, não é qualquer país que tem uma petrolífera que, além de ter sido a única do mundo que dobrou sua produção nos últimos dez anos, ainda se preocupa em desenvolver a cadeia de fornecedores, apoiando até com financiamentos as pequenas e médias empresas do setor. Começamos bem as notícias boas ou não??? Quer ver outra loucura que a Petrobras anda fazendo? Você não vai acreditar!!! Veja só a seguir.

- Jornal O Globo, quarta-feira, dia 07/09/2011:

Linha 3 do metrô deve sair até o fim de 2014

... Pezão informou ainda que serão investidos cerca de R$ 1,2 bilhão, sendo R$ 400 milhões da Petrobras. O trajeto completo com 37 km e 16 estações, será dividido em dois trechos. A Petrobras vai fazer investimentos no projeto porque a linha 3 também vai beneficiar os trabalhadores do Complexo Petroquímico do Rio (Comperj), em Itaboraí, onde já trabalham cerca de quatro mil pessoas.

Comentário do Pentelhão: Oh, Míriam, o Pentelhão não vai falar nada!!! Comenta você, se quizer.

Banco do Brasil e BNDES

- Jornal DCI - SP, sexta-feira, dia 09/09/2011:

BB concede crédito para beneficiar escolas

Banco do Brasil (BB) efetivou na última terça-feira a primeira operação da linha de crédito destinada à aquisição de computadores portáteis para a rede pública de ensino, o Programa Um Computador por Aluno (ProUCA), com recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). A assinatura da operação ocorreu em Itabira, Minas Gerais. Os computadores serão distribuídos aos alunos das 30 escolas da rede municipal de ensino beneficiados pelo programa, em um prazo de 30 dias.

Comentário do Pentelhão: Querida, legal esse programa, né??? A idéia é que cada estudante brasileiro receba um computador portátil. Ousado??? Mas com a ajuda do Banco do Brasil e do BNDES a gente pode chegar lá!!!

Economia

- Jornal O Globo, quinta-feira, dia 08/09/2011:

Brasil sobe 5 posições e fica em 53º em ranking global de competitividade

País tem maior avanço entre os Brics

Embalado pelo forte crescimento do último ano, o Brasil subiu cinco posições na escala de competitividade global e passou a ocupar o 53º posto no ranking de 142 países avaliados pelo Fórum Econômico Mundial. Desde 2006, quando a capacidade de competir passou a ser medida pelo organismo, o país já teve um progresso de 17 posições, se forem considerados apenas os 122 países originalmente pesquisados.

Comentário do Pentelhão: Míriam, vamos combinar assim: no final do segundo mandato da Dilma já estaremos entre as 30 economias mais competitivas!!! 

Investimentos

- Jornal do Commercio - RJ, sexta-feira, dia 09/09/2011:

Boticário vai investir R$ 355 milhões na Bahia

Para fortalecer a atuação no Norte e no Nordeste, o grupo Boticário investirá cerca de R$ 355 milhões na construção de fábrica de cosmético e centro de distribuição (CD) na Bahia. O presidente da empresa, Artur Grynbaum, ressaltou que o estado foi escolhido para sediar as unidades devido à sua localização estratégica em relação aos dois mercados que mais crescem no Brasil...

Comentário do Pentelhão: Mais fábricas para garantir o consumo de cosméticos do Norte e Nordeste!!! Gostou, querida? É só distribuir um pouquinho a renda que o povão consome mesmo!!!

Energia/Meio ambiente

- Coluna Mercado Aberto, Maria Cristina Frias, jornal Folha de S. Paulo, quarta-feira, dia 07/09/2011:

Energia fica mais barata em pleno período de seca - O preço da energia vendida no curto prazo entre grandes consumidores no mercado livre contrariou as expectativas para esta época do ano e tem mantido níveis baixíssimos nas últimas semanas. O PLD (Preço de Liquidação das Diferenças), que baliza todo o sistema, está em R$ 17,20/MWh, segundo a CCEE (câmara de comercialização). O valor no submercado Sul foi R$ 12,08/MWh. Durante o período seco do ano passado, o preço médio ficou em aproximadamente R$ 130,00/MWh. No Nordeste superou R$ 200,00/MWh.

Comentário do Pentelhão: Um pouquinho só de competência para gerenciar os níveis dos reservatórios e a boa vontade de São Pedro e pronto. Temos energia de sobra e a preços baratos!!! É o Brasil sem amarras para crescer! E, para te irritar ainda mais, querida, veja só o que a EPE anda propagando na próxima notícia boa.

- Jornal do Comércio - RS, quinta-feira, dia 08/09/2011:

Produção de energia eólica no Brasil vai crescer sete vezes até 2014, prevê a EPE

A energia eólica entrou definitivamente na matriz energética brasileira e deve crescer sete  vezes em volume nos próximos  três anos, saindo dos atuais 1.114  megawatts (MW) para 7.098 MW em 2014. A informação foi divulgada pelo presidente da Empresa de Pesquisa Energética (EPE),  Maurício Tolmasquim, na semana passada. “O mundo todo está  olhando para a questão da energia eólica no Brasil. Nós já temos um  gigawatt (GW) instalado e vamos  multiplicar por sete, que já estão  contratados (em leilões) até 2014. É  um crescimento bastante expressivo”, disse Tolmasquim.

Comentário do Pentelhão: É Míriam, você gostava tanto da energia eólica antes do boom de investimentos no Brasil deste tipo de energia! Antes dela ser oferecida pelo preço mais barato do mundo no último leilão organizado pela EPE! Agora, pelo seu silêncio nas últimas semanas, conclui-se que você não gosta mais. É uma pena, porque é uma energia bem limpa, não é mesmo? Fazer o quê?

Governo/Política

- Coluna Negócios & Cia, Flávia Oliveira, jornal O Globo, sexta-feira, dia 09/09/2011:

Acesso 1 - O Rio é o número um dos estados brasileiros em universalização da energia elétrica. Está com 99,89% de cobertura. Ontem, a Ampla inaugurou a rede na área da Restinga de Marambaia, em benefício de 420 famílias. Cerca de 2.500 fluminenses saíram da escuridão. 

Acesso 2 - O projeto na Marambaia é parte do Luz para Todos, programa federal que já levou energia a quase 2,8 milhões de domicílios. As obras exigiram um milhão de transformadores, 6,9 milhões de postes e 1,3 milhão de quilômetros de cabos, segundo o MME. Um terço das famílias teve alta de renda e de oportunidades de trabalho. Quase 80% compraram TV e geladeira.

Comentário do Pentelhão: Querida, a Flavinha voltou mais animada que nunca!!! E está dizendo que o programa Luz Para Todos, aquele que só existe porque nossas elétricas escaparam no último segundo de serem privatizadas pelos tucanos, levou luz a cerca de quinze milhões de pessoas (2,8 milhões de domicílios vezes cinco pessoas por família em média)!!! Que loucura!!!

Outros

- Coluna Mercado Aberto, Maria Cristina Frias, jornal Folha de S. Paulo, quinta-feira, dia 08/09/2011:

Renovação - O atual parque industrial brasileiro é o mais moderno dos últimos 16 anos, de acordo com estudo da Abraman (Associação Brasileira de Manutenção) que será divulgado no final deste mês. A pesquisa mostra que, desde 1995, a maior parte dos equipamentos costumava ter entre 11 e 20 anos. Em 2011, porém, 39% das plantas estão com menos de dez anos. Cerca de 35% têm entre dez e 20 anos. O estudo aponta a entrada de empresas no mercado como responsável pela renovação do maquinário. Ainda segundo a pesquisa, a indústria da manutenção movimentará R$ 145 bilhões em 2011. 

Comentário do Pentelhão: Pra terminar nosso domingo alegre, Míriam, responda de uma vez por todas que porra de desindustrialização é essa que vocês vivem falando?!! O investimento estrangeiro direto é o maior de todos os tempos e agora a Sra. Frias está dizendo que nunca o parque industrial esteve tão novinho como agora!!! Quer saber de uma coisa, querida, fui!!! Mas quarta-feira tem mais!!!

Abraços, Passarinho Pentelhão.



Escrito por Passarinho Pentelhão às 07h11
[] [envie esta mensagem
] []



 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]